30 janeiro 2009

Existe a verdade?

Nietzsche disse "Não existem fatos, apenas interpretações".
Acho essa afirmação muito significativa. E concordo, plenamente. A não ser que se testemunhe o fato, a ocorrência, dependemos da descrição que as testemunhas fazem para tomar conhecimento da suposta 'verdade'.
Por isso, acho o jornalismo tão atraente. Deve-se duvidar de todas as notícias. Os dados sempre provêm de uma fonte que pode interpretar, alterar, analisar, emitir opinião, da forma que melhor lhe aprouver. Ainda mais se as informações vierem de assessorias de Imprensa ou de órgão ligados a um governo, instituição, empresa, etc...
É muito difícil dizer somente a Verdade pura, não somente para um jornalista. Ao escrever um texto descrevendo um fato, geralmente o 'deturpamos' com uma análise pessoal ou interpretação. Mesmo que não intencionalmente inserimos uma 'pontinha' de emoção, crítica, etc. que vai além do fato em si.
Esse raciocínio me faz ler os jornais ou assisti-los na televisão sempre com um espírito diferente. Tentando localizar onde pode estar havendo exageros ou deturpações da realidade em si. É uma tarefa árdua, diria mesmo que impossível. Há tantos interesses por trás de tudo que fico sempre com a 'pulga atrás da orelha'.
Queria até não ser assim, mas também não faço uma força muito grande para mudar....

5 comentários:

  1. Apoiadíssimo Golden, jornalista ou não, todos vivem de suas visões interpretativas. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Ricardo Gutierrez30 janeiro, 2009 15:06

    Perseguimos a verdade sempre, mas parece que nunca conseguimos alcança-la na plenitude. Creio que a verdade é uma busca constante, pois sempre haverá um ponto de vista diferente para um único fato. Essa busca não pode parar. Acho que vamos conhece-la de fato, somente após a volta para a vida eterna.
    Ricardo Gutierrez

    ResponderExcluir
  3. Concordo Golden, na prática, por mais sério, ético e profissional que seja um jornalista, como seres humanos que são, é impossível atuar com 100% de imparcialidade... E dá-lhe "pulga atrás da orelha". Abs

    ResponderExcluir
  4. HUmm. Não conhecia esta afirmação de Nitzsche, mas ela é um tanto polêmica assim como sua obra.
    Mas não devemos esquecer que ela não se aplica só ao jornalismo. O Bispo Inglês Richard Williamson nega a utilização de cameras de gas utilizadas para durante o extermínio dos Judeus, causando a Indignação da própia ministra alemâ Ângela Merkel.
    Claro que o epsódio descrito foi amplamente testemunhado.
    Só achei interessante coloca-lo em pauta porque é uma afirmção um tanto quando recorrente
    A história vem sendo manipulada e está em constante evolução. Mas neste caso se aplica a máxima de que "Contra Fatos não há argumentos".

    ResponderExcluir
  5. Assim como também concordo que a Mídia é um tanto quanto Maniqueísta e que muitas vezes serve de porta voz para muitos interesses que não sejam propiamente a "verdade".
    Um exemplo gritante ao meu ver foi o apoio maciço e cego da Imprensa Americana dado às razões para a invazão do Iraque pós 11 de setembro.

    ResponderExcluir